– Alívio de dor: muitos pacientes relatam uma diminuição de suas dores logo após a consulta, como nas dores lombares, cervicais, dorsais ou dores sentidas após o exercício físico. Estudos comprovam que o ajuste desencadeia um mecanismo de inibição sistêmica da dor e o paciente tem seu limiar de dor aumentado

– Aumento da mobilidade articular: o sedentarismo, maus hábitos posturais, fatores genéticos entre outras causas, podem resultar em uma rigidez articular, ou restrição de movimento. Quem nunca sentiu a região do pescoço ou a lombar travada? Um dos efeitos a curto prazo do ajuste é o aumento da mobilidade articular e remoção das adesões presentes nas articulações, gerando uma maior amplitude de movimento.

– Relaxamento muscular: O ajuste quiropráxico afasta muito rapidamente as pequenas articulações entre as vértebras, diminuindo a pressão nos discos intervertebrais e causando um forte alongamento nos músculos da coluna vertebral e, consequentemente, uma sensação de relaxamento muscular.

E você, já foi ajustado alguma vez? Conta aqui o que sentiu 👇