Aquela comparação com a famosa resposta: DEPENDE!

Depende do tempo que você tem para correr, qual é o objetivo daquela sessão de corrida ou se isso vai determinar você ser uma pessoa mais ativa!

Na esteira a força de impulsão do corpo é menor, bem como as forças de frenagem e aterrissagem, e menor resistência do ar. A passada tende a ser mais curta, aumentando a cadencia facilitando a aterrissagem com o médio pé, e maior extensão de quadril. Porém não significa que exista melhora na qualidade do movimento pois na esteira o chão não é empurrado para trás, e sim o piso que se movimenta!

Já na corrida de rua, o piso é estático então conseguimos empurrar o chão nas passadas nos deslocando para frente, o que sinaliza um comando de sinalização diferente para o cérebro em relação à biomecânica e manutenção da postura. Nossas articulações são mais bem preparadas para nos proteger das lesões em comparação com pessoas que só correm na esteira por conta de o piso ser irregular, o que estimula melhor os nossos proprioceptores localizados nos músculos, tendões e ligamentos.

Mas concentração para correr na rua precisa ser maior por diversos fatores externos!

A vantagem é que a paisagem é você que escolhe! Sendo assim, utilize a esteira para reabilitação em casos de retorno de lesão, para treinos que exijam melhora da cadencia, treinos curtos ou que necessitam de um controle maior de velocidade. Sendo assim: USE AS FERRAMENTAS A SEU FAVOR, de acordo com os seus objetivos!